Brasil, Brusque e Coxa, conheça os três primeiros adversários na B

0
3044
Gustavo Ticiane

A Série B é logo ali, como dizia o saudoso Fernando Vanucci. Por isso, fiz uma breve pesquisa sobre os 3 primeiros adversários do LEC na competição. Agradeço aos companheiros, Rodrigo Oliveira, de Pelotas, Gu Tonetti, de Curitiba e Camila Costa, de Brusque, pelas informações.

O primeiro embate será com o Brasil, em Pelotas, no dia 29 de maio. A campanha do Grêmio Esportivo Brasil não foi nada boa no Gauchão. O time conseguiu a permanência na primeira divisão antes da última rodada. A Campanha foi muito abaixo do que se esperava. Atraso na montagem do elenco e pouco tempo de preparação atrapalharam a campanha. Para a Série B, o lateral André Krobel já deixou o clube e foi para o Figueirense. O clube busca um lateral no mercado. Assim como no LEC, jogadores do interior de São Paulo deverão vir para reforçar o time para a Série B. Júnior Viçosa é a principal contratação do time para Série B. O atacante Fabrício, revelado no clube, foi para o Grêmio e retornou ao clube para a Série B. O técnico Claudio Tencati busca manter o bom trabalho da reta final da Série B.

Na segunda rodada o time do Fonseca enfrenta o Brusque, semifinalista do estadual com grandes chances de erguer o troféu. O Bruscão não tem apresentado grandes espetáculos, mas vem vencendo seus compromissos e está invicto a 11 jogos na competição, sendo cinco vitórias e seis empates. O clube anunciou que deve reforçar o seu plantel com mais oito jogadores, mas por enquanto ninguém chegou de forma oficial. A equipe de Jerson Testoni para o início da competição deve ser a sua base que vem jogando desde 2019 juntos. A boa notícia é o retorno do atacante Edu, que esteve fora na última temporada após uma cirurgia no joelho.

O terceiro adversário é o Coritiba, que faz um estadual bem razoável. As principais contratações foram na zaga, com Luciano Castan, Wellington Carvalho, Romário e Igor, mesmo assim a defesa sofreu nos jogos que foi exigida: Operário e Cascavel FC. Para o meio chegaram, Val, Willian Farias, Jhony Douglas, Valdeci, Robinho, Val e Lucas Nathan e no setor da frente, Dalberto, Tailson, Waguininho e Léo Gamalho. Léo tem 6 gols em 6 jogos, foi o tiro certo da diretoria coxa-branca. Um provável Coxa para a Série B tem: Wilson, Igor, Castan, Val, William Farias, Rafinha e Léo Gamalho.

Deu pra ver que dos três primeiros jogos do Londrina, um é tranquilo tendo em vista que o Brasil está atrás até do próprio LEC no planejamento, mas os outros dois testes são dificílimos e não dá pra ir “com o que tem de roupa”.

Parceiros

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here