Conheça Cabralzinho, o novo camisa 10 do Londrina Esporte Clube

0
2035
Alan Rones

A história de Geidson Silva é no mínimo inusitada. Aliás, se perguntarem por Geidson em Ceilândia é capaz que ninguém conheça, mas por Cabralzinho é impossível que alguém não fale bem do rápido e habilidoso meia do “Gato Preto” que está será do Londrina na Série B de 2022.


O apelido ele ganhou quando jogava em um time do bairro onde morava, natural de Belém do Pará, seu antigo treinador se chamava Cabral e para levar o então menino para um teste na Tuna Luso (PA), resolveu dizer que Geidson era seu filho. Ele passou no teste, se profissionalizou e o apelido ficou. Na Tuna, o “Filho do Cabral” permaneceu por dez anos, depois disso saiu para o Santos do Amapá, Araguaia do Mato Grosso, Sinop, Iporá de Goiás, Bom Jesus e Santa Helena, ambos da terra do cantor Leonardo. Em Brasília, as experiências do jogador de 28 anos foram no Brasiliense, Capital e por último no Ceilândia.


“Acredito que ir para o Londrina é um passo enorme na minha carreira, tenho pré-contrato assinado e quero chegar campeão candango para dar continuidade no meu trabalho”, comentou o novo reforço do Tubarão para este repórter que vos escreve.


A felicidade de Cabralzinho está estampada em seu rosto, ele foi um dos autores dos gols do Gato Preto contra o LEC na eliminação alviceleste na Copa do Brasil.


Um cara extremamente simples, casado, pai de dois meninos, Edgar e Dudu e considerado por eles e pela Dona Maria Elieth (sua mãe) o melhor jogador do Brasil rs, Cabralzinho chega ao Paraná para realizar um sonho e quem sabe, de quebra, também realize o do torcedor londrinense, que desde a saída de Dagoberto não tem um camisa 10 que encha os olhos e honre a camisa pesada do maior do interior do Paraná!

Formando atletas para a vida
Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui