O que esperar da “Segundona”?

0
925
Gustavo Ticiane

Geralmente, como a coluna sai na sexta-feira, para chegar fresquinha ao leitor, peço ao meu diretor, Camargo, que possa escrevê-la no limite, um dia antes da impressão. Portanto, escrevo hoje, na quinta-feira, dia 27, exatamente há um mês da estreia do LEC na Série B do Brasileiro. Tal data é pertinente para fazermos uma análise minuciosa.

Qual é o panorama atual dessa, que para muitos, inclusive este repórter que vos escreve, deve ser a maior Série B de todos os tempos?

No início da semana, papeando com os jornalistas de Ponta Grossa, Joel Brasília e Diomar Guimarães, chegamos a conclusão de que dos 20 clubes que entram na disputa da competição, é quase impossível cravar os 4 que vão cair. Isso mesmo, não estou nem mencionando o acesso, mas o rebaixamento já é difícil eleger 4 times, tamanho o nível desse ano. Com muito custo, elencamos dois times que em nossa opinião vão brigar para não cair, Sampaio Corrêa e Confiança.

E a briga pelo acesso? Rapaz do céu, é mais fácil acertar quantas sementes tem na melancia da Magali da Turma da Mônica rs, a tarefa é árdua demais. Se levarmos em conta a estrutura, camisa e reputação atual nos estaduais, temos o Náutico, o Vasco, o Brusque, o Goiás e Avaí como postulantes.

Mas quem garante que são mesmo?! O próprio Londrina tem um técnico experiente, capaz de tirar tudo dos seus elencos, que por sinal, mesmo em atraso, os reforços solicitados por ele estão chegando e o time pode encaixar. Temos o Operário dos amigos Diomar e Joel, o próprio Coritiba, conta com jogadores experientes, Rafinha, Léo Gamalho, Wilson, não se pode descartar. Os sempre valentes, CRB, CSA, Vila Nova também entram nessa, não podemos esquecer de Guarani e Ponte, com camisa pesada, grana de TV e o Vitória da Bahia.

Uma coisa é certa, será mesmo, uma “Mini Série A” e como em todo esporte, seja Fórmula 1, tênis, voleibol, etc, quem largar bem no começo, tem grandes chances de se dar bem no final.

Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui